Fazer gestão de marketing sem muita técnica ou metodologia, e com uma planilha aqui e outra ali para quebrar o galho, pode até dar certo por um tempo em empresas menores. Porém, esse modelo não é benéfico, pois não permite um crescimento escalável e nem garante os melhores resultadosA gestão precisa acompanhar a evolução do negócio e ficar mais robusta para conseguir entregar – e comprovar – os resultados, através de técnicas, metodologias, boas práticas e tecnologia.

Na sua empresa, a Gestão de Marketing já possui alta maturidade nesses pontos? Se a resposta for não, não precisa se preocupar: vamos ensinar tudo sobre Gestão de Marketing nesse texto e te ajudar a estruturar isso na sua organização, e ainda dar várias dicas que foram testadas e comprovadas por nós para obter crescimento escalável! Siga a leitura para conferir:

O que é gestão de marketing? 

Gestão de marketing é o processo de gerenciar as atividades, estratégias, pessoas e processos do Marketing, de modo a gerar valor para o consumidor. Esse processo envolve uma série de técnicas e ferramentas tecnológicas que ajudam a melhorar a performance.

Muito mais do que um setor, o marketing é a arte de criar valor verdadeiro para o consumidor, oferecendo soluções que o ajudem a obter algum tipo de ganho no dia a dia.  

É por isso que marketing não é apenas divulgar um produto com layouts bonitos e frases de efeito! Na verdade, ele envolve análise e pesquisas de mercado, criação de soluções, estratégia, precificação, posicionamento de mercado, definição de público-alvo, entre outros. 

Mas, com a popularização do marketing digital e do Inbound Marketing, o que se popularizou mesmo foi o marketing como uma ferramenta de geração de leads, ou seja, de atração, captura do contato de potenciais clientes e posterior conversão. 

E nesse cenário, cabe à gestão de marketing garantir que toda a estratégia funcione, que as etapas de atração, captura e conversão sejam cumpridas, e que lá no fim tudo acabe em dinheiro no bolso!

Gestão de marketing e vendas

Ao encarar o marketing como uma ferramenta de geração de leads, é claro que o setor precisa estar altamente alinhado com o Comercial. Afinal, o trabalho que é iniciado pelo marketing – de atrair o público consumidor – é concluído mesmo pelos vendedores lá na frente, certo? 

É aí que surge o apelidado “vendarketing”, isto é, uma forma de encarar marketing e vendas como um processo único, que começa na atração e termina lá no pós-venda. Logo, unir a gestão de marketing e vendas acaba sendo benéfico para alinhar estratégias, objetivos, metas, e ainda evitar atritos entre os times.

A tecnologia na gestão de marketing

Planilhas são ótimas, mas nem sempre dão conta do recado. O problema é que, apesar de serem uma ferramenta competente para quem trabalha com dados, elas são complexas e altamente suscetíveis a erros.

Para fazer gestão de marketing, há softwares criados especialmente para esse fim, que entregam funcionalidades essenciais para uma boa gestão, otimizando o processo da atração ao pós-venda.

Como fazer Gestão de Marketing?

Tendo tudo isso em mente, vamos ensinar a seguir as bases da Gestão de Marketing com o apoio da tecnologia, de técnicas específicas, metodologias reconhecidas e, é claro, do alinhamento com o setor de vendas. Tudo isso em cada etapa de um processo de Inbound Marketing. Pronto para começar? Então siga a leitura para conferir:

Atração

No Inbound Marketing, usamos conteúdo de qualidade para atrair o nosso público-alvo. Isso pode incluir posts de blog otimizados para SEO, redes sociais, webinars, e-books e outros materiais com temas relacionados ao universo de atuação da sua empresa.  

Para criar conteúdo, você pode contar com uma equipe interna ou prestadores de serviços e agências. O importante é que o conteúdo seja atraente para o seu potencial cliente. Por isso, antes de qualquer coisa, é preciso ter bem claro o seu público-alvo e a sua persona. 

Temos um post inteiro sobre como criar personas. Se você ainda não utiliza personas no Marketing, baixe nosso template de persona clicando no banner abaixo e crie a sua agora mesmo!

template de persona

Captura

Agora um ponto importante: não adianta atrair o público com o conteúdo oferecido e depois deixá-lo ir embora sem conhecer a sua solução, não é mesmo? Daí a importância da captura de leads, que nada mais é do que convencer o usuário a fornecer as informações de contato (telefone, e-mail etc.) geralmente em troca de algum material, como um e-book ou curso oferecido pela sua empresa. 

É como quando você vai baixar um e-book grátis, mas para isso você precisa informar seu e-mail, sabe? 

Nessa etapa, a tecnologia é uma importante aliada da gestão de marketing: um software de automação vai te ajudar a criar páginas de formulário nas quais o usuário oferece os dados de contato, e também a manter os leads em um banco de dados organizado e gerenciável. 

Isso é a base para toda a gestão de marketing, a partir dessa etapa até a conclusão da venda! Pois é nesse software que você manterá a sua base de potenciais clientes, com os quais você vai construir um relacionamento até conseguir fechar negócio. Com a tecnologia, todo o processo se torna auditável, mensurável e gerenciável.

Qualificação

Quando investimos em uma estratégia de marketing digital, a tendência é que capturemos muitos leads, mas nem todos eles terão fit com a solução ou estão prontos para comprar. Então, o próximo passo da gestão de leads é a qualificação. 

Qualificar nada mais é do que utilizar critérios de perfil e interesse para categorizar os leads capturados e criar ações específicas para cada categoria.  

Entre os critérios de perfil, consideramos se a pessoa possui aquelas características do seu perfil de cliente ideal. Entre os critérios de interesse, consideramos as interações que ele teve com a sua empresa (como engajamento em posts, download de materiais e abertura de e-mails), para saber se ele realmente está interessado na sua solução. 

Isso pode parecer óbvio, mas classificar todos os leads capturados de forma manual pode ser uma tarefa realmente árdua. Por isso, a maioria dos gestores de marketing opta por utilizar softwares que façam essa priorização automaticamente, através de um sistema chamado lead scoring. 

Lead scoring é um sistema de pontuação que é atribuída a cada lead de acordo com a relevância dele para o negócio. Ou seja, é um processo de qualificação com base em critérios relacionados ao perfil e ao interesse do lead no produto.

Nutrição

Como falamos, se um lead tem um bom perfil, mas ainda não está pronto para a compra, você deve investir em nutrição. A nutrição consiste em “alimentar” os leads com conteúdo diversificado que os ajude a avançar na jornada de compra. 

O que a gestão de marketing precisa aqui é de um lead tracker. Um lead tracker é uma ferramenta, geralmente disponível em softwares de automação de marketing, que dá informações sobre todas as interações do lead com a sua empresa, desde os e-books baixados por ele, até os e-mails abertos. Ele serve como um rastreador que ajuda a saber o que o contato está procurando, baixando etc. 

Isso vai te ajudar a registrar todo o relacionamento da empresa com o lead, permitindo que você saiba a hora certa de enviar determinadas mensagens, fazer abordagens comerciais etc.

Acompanhamento de indicadores

Esse ponto é fundamental para a gestão de marketing. São os indicadores que vão demonstrar em dados mensuráveis o sucesso ou insucesso das estratégias de marketing. 

Há vários indicadores que devem ser verificados no marketing. Os principais são:

ROI

Calcular o ROI do marketing é sempre um desafio. Em algumas empresas, os gestores tentam mensurar esse indicador através do número de oportunidades geradas, ou até de leads gerados. 

Só que esse não é o ROI de verdade, já que a ideia desse indicador é mostrar o quanto de receita a empresa conseguiu para cada real investido no marketing, incluindo investimentos com equipe, campanhas, ferramentas etc. 

Mais uma vez, a tecnologia entra como aliada: usando um software de automação, você consegue saber o lucro vindo especificamente dos leads gerados pelo marketing, e pode calcular o ROI real do setor, para descobrir o valor que o marketing gerou para a empresa em dinheiro mesmo.

CPL

Outro indicador que a gestão precisa ficar de olho é o custo por lead (CPL). Calcula-se dividindo o valor de todo o investimento em marketing pela quantidade de leads gerados, revelando assim o custo por cada lead.

Taxa de conversão

A taxa de conversão no funil é mais um indicador indispensável para a gestão. É ele que vai revelar gargalos e oportunidades de melhoria no processo. Com um software apropriado, você pode descobrir a porcentagem de leads que convertem para as próximas etapas do funil e ainda obter previsões. A partir disso, é só criar estratégias para otimizar a conversão.

Indicadores do site

Não esqueça de ficar de olho nos indicadores do site, como número de acessos, taxa de rejeição, origem do tráfego, páginas visualizadas por sessão etc. Tudo isso pode ser conferido facilmente por meio de ferramentas como o Google Analytics.

Indicadores de e-mail marketing

Da mesma forma, é importante verificar indicadores de e-mail marketing para mensurar o sucesso dessa estratégia, como taxa de abertura, taxa de cliques nos links do e-mail, bounce rate, ROI de e-mail marketing etc. 

Falamos muito sobre o uso da tecnologia na gestão de marketing, então é óbvio que não poderia faltar um tópico com os melhores softwares do mercado para esse fim, não é mesmo? Selecionamos as ferramentas que consideramos indispensáveis para fazer uma boa gestão de marketing e falamos um pouco sobre cada uma delas no tópico a seguir. Vamos conferir?

Melhores softwares para gestão de marketing

Fleeg

Fleeg é um software que une automação de marketing e vendas, permitindo uma visão ponta a ponta do processo. Muito mais do que um simples CRM, o Fleeg facilita a gestão de marketing e vendas através de recursos como criação de páginas de captura, funil de marketing e vendas automatizado, automação de tarefas, qualificação e priorização automática de leads, disparo automático de e-mails e lead tracker. 

Como se não bastasse, o Fleeg ainda faz o cálculo automático de indicadores importantes, como o ROI do marketing, taxa de conversão, previsão de receita, funil ponderado etc. O Fleeg é indispensável para quem quer uma gestão de marketing poderosa e alinhada com vendas, vale muito a pena testar!

Artia

Artia é um software de gestão de atividades que ajuda a organizar times dos mais diversos setores, como marketing ou vendas. Ele oferece ferramentas como Kanban, lista de atividades, cronograma e gestão financeira de projeto, que são indispensáveis para garantir uma boa gestão. 

O bom do Artia é que ele se adapta aos mais diversos setores e equipes. Também vale muito a pena testar.

Google Analytics

O Google Analytics é outra ferramenta que todo gestor de marketing precisa ter em mãos. A plataforma oferece uma visão completa e aprofundada dos indicadores do seu site, como número de acessos, taxa de rejeição, origem do tráfego, páginas visualizadas por sessão, etc.

O diferencial do Google Analytics é que ele oferece uma visão muito mais aprofundada, com dados que a maioria dos plug-ins nesse estilo não oferecem.

Google Ads

O Google Ads é mais uma ferramenta indispensável para o marketing, mas essa serve para fazer anúncios pagos. Unir a sua estratégia de conteúdo com anúncios pagos vai ajudar a sua empresa a capturar ainda mais leads, afinal, além dos leads atraídos pelo conteúdo, você ainda poderá atingir mais pessoas com anúncios.

Ferramentas de redes sociais

Por fim, não podemos deixar de citar ferramentas de gestão de redes sociais. Elas permitem programar postagens, analisar indicadores e fazer um gerenciamento mais aprofundado da sua estratégia de mídias sociais.

Há várias plataformas desse estilo no mercado. Entre as principais, podemos citar Mlabs, Etus Social, Hootsuite e Postgrain.

E então, está pronto para aplicar as melhores técnicas de gestão de marketing na sua empresa? Aproveite e comece a usar a tecnologia a seu favor ainda hoje: clique no banner abaixo e veja tudo o que o Fleeg pode fazer pela sua gestão!

gestão de leads e clientes