Butão, Antártica e Bielorrússia estão entre os locais menos visitados do mundo, juntamente com a Moldávia e, é claro, a segunda página do Google, local raramente visitado por seres humanos. Brincadeiras à parte, é fato que a maioria dos internautas clica apenas nos resultados da primeira página pois, geralmente, esses resultados são capazes de atender às necessidades e dúvidas do usuário. Por isso o desejo de grande parte dos profissionais de marketing digital é saber como aparecer na primeira página do Google.

Em geral, ter um site na primeira página confere uma visibilidade indispensável para quem deseja ampliar seu alcance na internet. É para te ajudar com isso que construímos esse post. Siga lendo para saber tudo o que precisa para estar na primeira página!

Como aparecer na primeira página do Google?

Seja sincero: quando você está na correria do dia-a-dia e surge uma dúvida sobre um assunto qualquer, você costuma ir para a segunda página, ou já resolve suas dúvidas na primeira? Você é definitivamente um desbravador se costuma ir além dos 10 primeiros resultados, parabéns!

Os resultados da primeira página não estão lá à toa: são conteúdos identificados pelo Google como sendo de qualidade com base em diversos critérios, ou são anúncios (falaremos mais sobre isso a frente). Entretanto, para que o buscador seja capaz de encontrar o seu site em meio ao emaranhado de conteúdos que é o mundo da internet, é preciso que eles estejam otimizados para mecanismos de busca. É aqui que entra o que chamamos de SEO.

O que é SEO?

SEO (search engine optimization, ou, em português, otimização para mecanismos de busca) é um conjunto de técnicas que têm como objetivo aparecer em 1º lugar em buscadores como o Google nos resultados de pesquisa.

Sites não otimizados com essas técnicas dificilmente chegam à primeira página do Google, salvo algumas exceções. Em contrapartida, ter uma boa estratégia de SEO pode te ajudar a ocupar a tão sonhada primeira posição dos resultados de busca. Então, vamos entender melhor como essas técnicas funcionam.

Trabalhando com palavras-chave

Palavras-chave são os termos utilizados pelos usuários para realizar pesquisas na web, ou seja, aquilo que as pessoas digitam na barra de pesquisa. Por exemplo: se você chegou até esse post por meio do Google, é provável que você tenha pesquisado algo próximo a “como aparecer na primeira página do Google” ou um termo relacionado. “Como aparecer na primeira página do Google” foi, portanto, a palavra-chave utilizada por você para realizar sua pesquisa.

Apesar do nome, uma palavra-chave não precisa ser composta por apenas uma palavra, é o caso do exemplo que demos.

Toda busca se origina de uma palavra-chave e é importante que as páginas do seu site sejam criadas pensando nessas palavras, afinal, para aparecer nos resultados das buscas, você precisa pensar nos termos que as pessoas pesquisam!

É importante saber quais são as palavras-chave buscadas pelo público que o seu site pretende atingir e, com base nisso, criar posts e páginas para aparecer nessas pesquisas, além de otimizar seu site como um todo para que o Google entenda que ele contempla aquele assunto.

E como descobrir quais são as palavras-chave buscadas pelo meu público? Adivinhação? Bola de cristal? Não. Há ferramentas do próprio Google que podem ajudar nessa missão.

Google Trends

O Google Trends é uma ferramenta do próprio Google que te ajuda a descobrir quais são os termos mais procurados atualmente no buscador. Você pode saber o que está em alta no dia de hoje, na última semana, no último mês, ou em outros períodos selecionados por você. É possível filtrar esses dados por país ou estado, para que você saiba o que está sendo mais pesquisado na sua região.

Google trends

Essa ferramenta é muito útil para gerar ideias de palavras-chave e também para aproveitar momentos em que certos assuntos estão em alta e produzir conteúdo sobre eles. Também é possível verificar o volume de busca de palavras-chave específicas e comparar com termos semelhantes, além de observar o progresso da relevância de um termo ao longo do tempo.

Google Keyword Planner

O Google Keyword Planner é mais uma ferramenta útil para obter informações sobre palavras-chave. Ela é gratuita para usuários do Google Ads e permite:

  • Conhecer o número de pesquisas de uma palavra-chave;
  • Obter ideias de palavras-chave;
  • Fazer pesquisas por localização geográfica;
  • Entre outras funcionalidades.

Também é possível informar uma palavra-chave relevante para você e obter dezenas de sugestões de outras palavras-chave que são pesquisadas no seu nicho.

Google KeyWord Planner

O Google Keyword Planner ajuda a obter palavras-chave para anúncios, mas pode ser utilizado para conteúdo e SEO da mesma forma.

Ele também permite obter dados sobre o quão concorrida é aquela palavra-chave, para que você saiba se vai ser fácil chegar na primeira página ou se os concorrentes já firmaram suas bandeiras nesse território.

Produção de conteúdo

Definidas as palavras-chave, é hora de produzir conteúdo de qualidade sobre elas! Entretanto, não basta que suas postagens se limitem a abordar o assunto de um termo escolhido. Na verdade, cada página precisa ser otimizada para uma palavra-chave ou mais. Essa palavra-chave deve ser utilizada de forma estratégica ao longo do texto.

Na verdade, todo texto precisa ser escrito de forma que o Google possa interpretá-lo. Entre as práticas de SEO para blog posts, podemos citar a criação de um título (Heading tag 1 ou simplesmente H1) e a divisão do texto em intertítulos (H2, H3 etc.)

Se você não tem ideia de como produzir textos otimizados para SEO, baixe agora nossa checklist: posts otimizados para SEO para saber tudo o que os seus textos precisam ter! Basta clicar no banner abaixo:Checklist - Posts otimizados para SEO

Otimização do site

Se engana quem pensa que SEO está apenas relacionado a utilização de palavras-chave em posts de blog. Na verdade, todas as páginas do seu site e o próprio site em si precisa ser otimizado nesse sentido. Para falar sobre isso, ninguém melhor do que a nossa especialista em SEO aqui no Fleeg, Gabrielly Pazetto.

Há diversas técnicas para otimização do seu site que vão deixá-lo perfeito aos olhos do Google. Vamos dar uma olhada nas principais delas:

Meta description

Meta description é aquela descrição/resumo que é exibido abaixo do link para o seu site, ainda no resultado da busca no Google. Como no exemplo:

Exemplo de meta description

Páginas sem meta description deixam o Google decidir o texto que vai ser exibido abaixo do título e, muitas vezes, o buscador acaba exibindo partes do texto completamente sem sentido ou nada instigantes para o usuário que está realizando a busca.

É muito importante que você crie meta descriptions atrativas para convencer o leitor a clicar no seu site, e não nos concorrentes. Ferramentas como o YoastSEO podem te ajudar nesse quesito.

Sitemaps

Sitemaps são arquivos que mostram para o Google todas as páginas que o seu site contém. O nome é autoexplicativo: eles funcionam como um “mapa” que ajuda o Google a encontrar com rapidez tudo o que seu site contém e que pode ser exibido nos resultados das buscas.

Geralmente com a extensão .xml, os Sitemaps podem ser criados com a ajuda de ferramentas específicas para isso de forma muito simples, vale a pena pesquisar por uma.

Imagens

Sim, as imagens dos seus posts também precisam receber atenção na hora de utilizar técnicas de SEO. Ter esses arquivos de mídia bem posicionados no Google Imagens pode gerar mais tráfego para o seu site, desde que sejam imagens com conteúdo útil.

Quando falamos desse tipo de otimização, precisamos entender que o Google ainda não é capaz de compreender o conteúdo de uma imagem. Sendo assim, a otimização acaba ficando para textos descritivos, como a utilização do Alt Text e de um nome de arquivo que descreva o conteúdo dessa imagem. Se você não está familiarizado com isso, vale a pena dar uma pesquisada sobre a utilização do Alt Text.

Google Search Console

Depois de aplicar todas as dicas que demos aqui, é o momento de verificar como o seu site está aos olhos do Google. Para isso, nada melhor do que o Google Search Console.

O Google Search Console é uma ferramenta que serve para te ajudar a otimizar seu site para os mecanismos de buscas. Ela faz uma análise no código das páginas e mostra eventuais problemas que precisam ser corrigidos, informando sobre empecilhos para que o site seja indexado pelo Google, sugerindo melhorias no código, etc.

Google Search Console

Esta ferramenta ainda fornece um relatório completo do desempenho do site nas pesquisas orgânicas.

Assim você pode saber exatamente como está o seu site e o que você precisa mudar para alcançar a primeira página!

Tenha paciência

Chegar na primeira página do Google é um processo demorado. Não é como se você fosse começar a utilizar técnicas de SEO hoje para estar no 1º lugar amanhã ou semana que vem. Na verdade, há todo um processo de construção de autoridade do seu site, no qual o Google reconhece que seu conteúdo é de qualidade e que você possui propriedade para falar sobre determinados assuntos.

Por isso é muito importante que seu site seja atualizado com frequência, tanto com novas publicações quando com revisão de posts antigos. Isso mostra ao Google que o seu site não está abandonado e que o seu conteúdo está em constante atualização.

Anúncios

Falamos que existem duas formas de chegar na primeira página do Google e uma delas é a utilização de técnicas de SEO. A outra forma é a utilização de anúncios pagos. Você provavelmente já realizou pesquisas nas quais os primeiros resultados na página tinham o marcador “anúncio”. Esses sites utilizam a ferramenta Google Ads para criar e gerenciar seus anúncios.

Nesse caso, a taxa de cliques tende a ser menor, mas pode ser útil dependendo da sua estratégia e, principalmente, se for utilizado em conjunto com técnicas de SEO. Assim, você pode estar bem posicionado nos resultados orgânicos e também entre os anúncios.

O mais interessante do Google Ads é que ele permite um alto nível de segmentação, para que o seu anúncio seja exibido apenas para pessoas que têm maiores chances de se interessar pelo seu negócio, seguindo critérios de idade, região, idioma e afins.

Além disso, é possível controlar os dias, horários e frequência de exibição dos anúncios, assim como escolher entre diversas formas de pagamento.

E então, conseguiu entender como aparecer na primeira página do Google? Esperamos que essas dicas tenham sido úteis. Se precisar de mais ajuda com isso, possuímos um serviço focado em levar sites para a primeira página do Google. Se quiser saber mais sobre, entre em contato.

Além disso, se quiser ter acesso a um conteúdo avançado sobre SEO para alavancar os resultados do seu site, confira já nosso KIT gratuito de materiais para potencializar seu SEO clicando no banner abaixo!

KIT - Materiais para potencializar o seu SEO