Você já foi fazer uma compra online, colocou os itens no carrinho, mas desistiu antes de finalizar a compra? E, depois disso, foi perseguido por anúncios de um daqueles itens?

Muitos acreditam que isso é algum tipo de coincidência ou parte de um esquema de espionagem, mas se você conhece um pouco de marketing digital sabe que esta é uma estratégia chamada remarketing.

Continue lendo para saber como aumentar as suas vendas utilizando o remarketing.

Kit Materiais para potencializar os resultados da sua Agência

O que é remarketing?

Remarketing, como o próprio nome diz, significa fazer marketing novamente para alguém que já demonstrou algum interesse por determinado produto ou serviço com o objetivo de aumentar a conversão de leads.

Segundo dados divulgados pelo Google Ads, 97% das pessoas que visitam um site pela primeira vez não costumam finalizar a compra de um produto que acabaram de pesquisar. É justamente aí que essa estratégia entra, fazendo anúncios perseguirem o usuário interessado e aumentando a chance de compra.

Confira um exemplo de como o remarketing funciona na prática:

Como funciona o remarketing

Remarketing vs Retargeting: entenda de uma vez por todas a diferença!

Um erro muito comum, até entre os profissionais mais experientes, é confundir o remarketing com o retargenting. A chave para entender a diferença é saber que o retargeting está dentro do guarda-chuva de estratégias do remakerting, como podemos observar no organograma abaixo:

Organograma remarketing

Apesar de não serem a mesma coisa, os dois funcionam de forma eficiente e possuem o mesmo objetivo: atrair novamente o cliente em potencial para fechar uma venda.

O retargeting funciona como uma maneira de impactar novamente pessoas que entraram em contato com sua marca através de anúncios relacionados ao que elas demonstraram interesse anteriormente.

Neste post focamos no remarketing, continue lendo para saber mais quais são as vantagens dessa estratégia e como aplicá-la para aumentar suas vendas.

5 principais vantagens do remarketing

Principais vantagens do remarketing

Quando fazer remarketing?

Já parou para pensar que alguém que visitou seu site essa semana tem mais probabilidade de realizar uma compra do que alguém que não ouviu falar na sua marca há mais de 1 mês? Então a forma de abordagem desses clientes em potencial deve ser diferente.

Quando o remarketing é baseado em uma escala de tempo, a frequência com que o anúncio aparecerá para o lead deve ser menor e com mensagens menos agressivas conforme ele se afasta da sua marca.

Confuso? Vamos exemplificar melhor: uma pessoa que visitou o seu site 2 dias atrás deve receber anúncios com maior frequência e mais agressivos do que aquelas que visitaram seu site há mais de 30 dias.

Veja um exemplo de como colocar isso em prática:

Exemplo de como funciona o remarketing

Agora que você já sabe as vantagens e quando aplicar essa estratégia, continue lendo para conhecer o principal meio de aplicação do remarketing: o Google Ads.

Como fazer remarketing utilizando o Google Ads

Existem inúmeros meios de fazer remarketing, mas a principal delas é utilizando o Google Ads. Nesta plataforma existem duas maneiras de aplicar a estratégia: na Rede de Display e na Rede de Pesquisa.

Rede de Display

A Rede de Display funciona com um grupo de sites parceiros que dispõe um espaço para mídia online dentro de seus sites. O grande diferencial é que nesta opção é possível utilizar banners com imagens e tamanhos diferentes.

Rede de Pesquisa

Enquanto na rede de display se tem mais liberdade em relação ao formato, na rede de pesquisa o formato é padrão e o texto é limitado. O grande diferencial é que o usuário é impactado quando está pesquisando novamente sobre o assunto no Google, potencializando a chance de conversão.

Na rede de pesquisa os seus anúncios aparecem na própria página de resultados do Google, que inclui o Google Groups, Google Imagens, Google Maps, Google Shopping e alguns sites de parceiros.

Para o caso da Rede de Pesquisa, existem algumas estratégias que podem melhorar o desempenho do seu anúncio:

  1. Otimizar palavras-chave para ter mais chances de aparecer para as pessoas da lista de retargerting.
  2. Diminuir os lances quando se trata de um produto que é comprado apenas uma vez. Isso diminui as chances de conversão, mas seu gasto por clique (CTR) também diminui, fazendo com que seu anúncio seja exibido apenas para compradores em potencial.
  3. Fazer pequenos ajustes de texto para chamar a atenção do usuário. Desta forma ele não fica “enjoado” da mesma propaganda várias vezes.

Como criar um anúncio?

Como criar uma lista de remarketing no Google Ads

Como criar um anúncio de remarketing no Google Ads

O remarketing é uma estratégia poderosa e o planejamento de uma campanha de marketing pode ser um fator decisivo para obter sucesso. São inúmeras coisas que devem ser levadas em consideração nessa etapa como orçamento, cronograma e público-alvo.

Para você não se esquecer de planejar nenhum aspecto, preparamos um canvas para planejamento de campanhas de marketing gratuito, baixe já!

Canvas de Planejamento de Campanha de Marketing