Se tornar um top-performer em sua profissão exige muito esforço e um caminho árduo a ser trilhado. Mas será que para ser um bom vendedor é necessário ter o “dom”? 

Na verdade, não. As características de um bom vendedor devem ser desenvolvidas com o tempo, esforço e muita dedicação.  

Existem diversas skills que podem ser aprendidas ao longo desse caminho, mas quais são as essenciais? Quais elevarão seu nível e tornarão você um exímio vendedor? Vamos te responder essas e mais perguntas neste artigo. Continua com a gente! 

Como ser um bom vendedor? 

Atualmente, ter uma boa equipe de vendas é um verdadeiro diferencial nas empresas que buscam alçar voos.  

Quando preparados, os vendedores fazem uma enorme diferença na hora de fechar as vendas e criar uma autoridade para o negócio. Mas quais são as habilidades que um vendedor top deve ter? 

  • Conhecimento técnico dos produtos e serviços que vende  
  • Conhecimento dos mercados os quais está inserido 
  • Conhecimento em marketing 
  • Conhecimento das técnicas de vendas 
  • Saber negociar 
  • Excelente relação interpessoal 
  • Organização 
  • Paciência 
  • Bom humor 
  • Inteligência  

Essas são apenas algumas das principais skills que um bom vendedor deve ter. Agora, vamos ver em 6 passos como se tornar um bom vendedor! 

Como ser um bom vendedor em 6 passos 

Se prepare 

Para começar, é importante reunir todas as informações possíveis sobre a empresa e o cliente. Atualize-se sobre a empresa e agrupe o maior número de informações possíveis. Depois, vá filtrando as que considera mais importante para utilizar nas negociações; é importante estar atento a situação da empresa no mercado para melhorar seu poder de barganha. 

Além disso, é importante se antecipar à reunião e verificar as possíveis soluções que sua empresa pode oferecer para o cliente. Levante alternativas, preços, condições de financiamento e o máximo de dados que considere importante.  

É importante conhecer o cliente. Saiba com quem você irá falar, estilo de negociação, jeito de ser, posição na empresa, nível econômico etc. 

Essas informações irão te ajudar não apenas na preparação do argumento e discurso de vendas, mas também a gerar gatilhos para uma boa conversa com empatia e promover o rapport. 

Confirme suas informações 

Pois bem, você chegou para a reunião e está tentando tornar a conversa tranquila com as informações que possui. É o momento de sondar o cliente e verificar se as informações estão corretas. 

Sempre pergunte se você pode questionar sobre algumas coisas e, consequentemente, faça anotações delas. O objetivo aqui é descobrir quais as reais necessidades do cliente. Pergunte, pergunte e pergunte. Não há como ser um bom vendedor se não questionar o cliente. Por isso, iremos lhe apresentar a técnicas do SPIN selling: 

  • Situação: perguntas para entender o contexto da compra, detalhes e o momento da empresa; 
  • Problema: perguntas para entender “as dores” do cliente e poder oferecer alternativas; 
  • Implicação: perguntas para entender quais as implicações e complicações caso o problema não seja resolvido; 
  • Necessidade de solução: perguntas que vão fazer o cliente entender como sua solução pode resolver o problema dele. Seja estratégico 

Depois de colher todas as informações e confirmá-las, você está pronto para a guerra! Apresente soluções que vão de encontro com os desejos do cliente. Conforme as respostas do cliente, reformule suas propostas e procure as melhores alternativas, mas nunca desvie das suas metas. 

Utilize uma linguagem objetiva e mostre valor de cada alternativa para o cliente. Aguarde as contrapropostas, mas não ceda coisas que vão contra suas metas. É por isso que as fases de preparação são importantes, pois te proporciona condições possíveis e impossível na hora de aceitar e negociar propostas. 

Leia também: Como vender pelo WhatsApp em 4 passos + 12 dicas infalíveis 

Seja seguro e flexível 

A negociação é uma corrida onde o melhor BATNA vence a corrida. Depois de entender o rumo que a negociação tomou, é hora de acertar os detalhes finais; seja paciente e não se afobe.  

É importante ter o seu objetivo como foco principal e não aceitar concessões sem antes de argumentas. Exija compensações quando as concessões ocorrerem e não rejeite de imediato os pedidos do cliente: jamais o interrompa! Mostre os caminhos alternativos caso haja um pedido complicado e peça algo em troca que tenha o mesmo valor para você.  

Leia também: Cliente indeciso: 5 dicas para identificar e convencê-lo a fechar negócio 

Tenha o timing perfeito 

Neste momento, as condições da venda já estão acordadas e tudo pronto para a finalização. É o momento para fechar os acordos finais e partir para o fechamento. Faça um breve resumo de tudo que foi discutido, deixe claro as concessões das duas partes, enfatize os benefícios e, por fim, pergunte se as condições atenderam às expectativas do cliente. 

Caso haja uma resistência, apresente as consequências negativas para o cliente.  

Seja comprometido com o cliente 

Se as vendas estão fluindo bem, os negócios foram fechados e ambas as partes estão satisfeitas, é importante manter uma boa relação com cliente. 

Planeje os passos finais, como a assinatura de contratos, notas fiscais, documentos e providências que sejam necessárias para garantir a assiduidade do negócio.  

Utilize as redes sociais e aplicativos de comunicação 

Já é manjado dizer que hoje em dia todos estão conectados pelas redes sociais. Cada vez mais se tornam relevantes dentro do mundo dos negócios, e você precisa estar conectado com os seus clientes por meio delas, fazendo um pós-venda de qualidade.  

Ou então, um simples contato via Whatsapp para oferecer um cross/up selling já serve para criar uma boa fidelização.  

Foque sempre nas suas metas 

Focar nas metas mensais e atingi-las, consequentemente, é importante para trazer confiança no seu trabalho. Foque na conversão das vendas e no fechamento das metas, pois isso trará recursos e experiência que, se somados as outras habilidade, irão ajudar muito na hora de se tornar um vendedor top.  

Entenda a situação da venda  

Se você perceber que uma venda não será fechada de jeito algum, ofereça o seu contato e esteja sempre em contato. Um bom vendedor precisa saber a hora de estabelecer uma linha de contato antes da desistência da compra.  

É preciso ter a mente aberta e estar sempre em busca de novos aprendizados. Lembre-se de sempre perguntar, ser curioso e estar disposto a tentar e errar, pois tudo isso faz parte do processo de se tornar um bom vendedor. 

É possível ser um bom vendedor de várias formas, afinal existem diferentes perfis de vendedores, cada um com seus pontos fortes e fracos. Por isso, fizemos uma checklist especial para você descobrir qual tipo de vendedor és. É só preencher o formulário e entender em qual perfil você se encaixa.